7 essenciais dicas para aumentar sua taxa de conversão de vendas

Categories Marketing

Transformar potenciais clientes em fiéis consumidores é uma jornada repleta de desafios. Com tantas marcas disponíveis no mercado e informações ao alcance de um clique, fica difícil se destacar e reverter desconfianças.

Se você já validou seus produtos ou serviços e quer aumentar a taxa de conversão de vendas, está no lugar certo! Reunimos, a seguir, 7 dicas imperdíveis para quem deseja melhorar seus resultados. Antes, porém, vamos definir esse índice e explicar como calculá-lo. Continue a leitura e aproveite!

O que é a taxa de conversão de vendas?

A taxa de conversão é uma métrica útil para mensurar resultados e comumente adotada no âmbito do Marketing Digital. Em geral, ela mede como está o retorno de cada investimento de sua empresa em relação às vendas (o que é relativo não só ao dinheiro, mas ao tempo gasto pela equipe).

Essa conversão pode significar a solicitação de um orçamento, a inscrição em uma newsletter ou mesmo o preenchimento de um cadastro, dependendo daquilo que você deseja promover. No caso da taxa de conversão de vendas, os resultados são relativos às transações efetivadas.

Como fazer o cálculo?

Para medir a quantidade de visitantes do seu site que se converte em clientes, você precisa apenas dividir o número de visitas pelas conversões em vendas. Portanto, temos: taxa de conversão = número de vendas ÷ total de visitas na página.

O Google Analytics fornece recursos para mensurar isso em sua loja virtual. Após verificar a conta no serviço de host ou em sua plataforma, habilite a opção “e-commerce” para ter acesso à ferramenta “Taxa de Conversão”.

Especialistas afirmam que, em e-commerces, uma boa taxa de conversão fica em torno de 2 a 3%. Contudo, muitos fatores influenciam esses dados, como fontes de tráfego, taxa de rejeição, tempo médio e visibilidade. Portanto, mesmo que seja alta, sua taxa de conversão não deve ser analisada isoladamente.

Como melhorar a taxa de conversão em vendas?

Entender os pontos que influenciam suas conversões em vendas pode não ser uma tarefa fácil, mas há estratégias que mostram resultados eficazes. Confira algumas a seguir!

1. Entregue valor

Como uma companhia pode se diferenciar no mercado se sempre replica o que os outros fazem, não é mesmo? Uma tática para aumentar a conversão de vendas requer que a empresa tenha diferenciais.

Ao encarar novos desafios e trabalhar com metas mais ousadas, você estará um passo à frente da concorrência, melhorando o índice de satisfação dos clientes e gerando valor para sua marca. Considere convocar uma agência especializada em Business Intelligence para ajudá-lo nessa missão, pois o olhar externo nos permite diagnosticar situações com perspectivas diferenciadas.

2. Trabalhe com clientes de diferentes níveis

Antes de elaborar uma estratégia de marketing e vendas, o ideal é que você comece definindo quem é seu público-alvo e quais são as subcategorias que ele engloba. Dessa forma, você investe melhor em estratégias de nutrição de leads.

Para pessoas diferentes, é preciso desenvolver atendimentos distintos. Isso não significa que um consumidor seja menos importante do que outro, mas você deve entender exatamente o que cada um procura em seu negócio para conseguir atendê-lo apropriadamente, seja no topo, meio ou fundo do funil de vendas.

Geralmente, quem trabalha com atacado ou varejo tem uma boa noção disso. Um sistema de gestão pode ajudá-lo no gerenciamento de seus contatos, bem como na automação dos atendimentos.

3. Qualifique os leads

Pense na última vez em que teve de comprar um eletrodoméstico. Provavelmente, você notou a necessidade de um equipamento, pesquisou na internet quais seriam as melhores opções, leu resenhas e comparou preços ou condições de pagamento antes de fechar a compra.

Até chegar ao momento da transação, foi preciso se qualificar e se sentir pronto para fazer o investimento, certo? Saiba que seus potenciais clientes se comportam da mesma forma. Um lead não chega pronto para comprar: é preciso que, antes, ele passe por todas as etapas do funil (um processo que pode ter variações de acordo com cada contexto).

Por isso, verifique se a empresa já tem um funil de vendas programado com base nas necessidades do produto ou serviço que oferece. Quando um cliente adquire uma solução sem estar devidamente preparado, as chances de apresentar insatisfações são grandes, o que aumenta o percentual de devoluções e avaliações ruins. Clientes capacitados reduzem o custo de aquisição e são mais propensos a recomendar sua marca.

4. Foque em estratégias de retenção

Conquistar novos clientes é interessante, mas, se o objetivo é aumentar a conversão de vendas, você precisa se preocupar em retê-los. Vender para alguém que já confia em sua marca é muito mais simples.

Pesquisas do autor Philip Kotler mostram que o custo de aquisição de um novo consumidor pode ser até 7 vezes maior se comparado ao valor necessário à manutenção de um cliente fiel.

5. Use o e-mail marketing

Estratégias de e-mail, quando bem executadas, servem como base para uma série de ações capazes de melhorar as conversões, como a recuperação de clientes inativos e a reabertura de carrinhos abandonados. Algumas empresas inclusive consideram o e-mail uma das ferramentas com maior Retorno sobre Investimento (ROI).

6. Melhore a experiência de navegação do seu site

A velocidade de carregamento da sua página, a apresentação dos produtos ou serviços e a facilidade que o usuário tem de encontrá-los são fatores essenciais para que as compras se efetivem. Lembre-se de que a qualidade do sinal de internet no Brasil está longe do desejável e muitos usuários navegam preferencialmente a partir dos dispositivos móveis, como aponta o IBGE.

7. Faça retargeting

O retargeting corresponde a vender um produto a alguém que já apresentou interesse por ele, sendo poderoso para converter seus leads e multiplicar as vendas. Segundo um levantamento da E-Bit, apenas 2% dos visitantes de um site compram algum item na primeira visita. Para os 98% restantes, o retargeting tem se mostrado eficiente, pois consegue impactar o potencial cliente (ou prospect) de maneira eficiente.

Esses mecanismos rastreiam o usuário pela internet, identificando seus interesses e atingindo-o de modo personalizado. Algumas ferramentas, como a iGoal, conseguem identificar a hora exata em que a pessoa costuma abrir sua caixa de entrada, enviando e-mails no momento em que ela está mais propensa a ler. Consequentemente, a eficácia da estratégia melhora!

Para aumentar a taxa de conversão de vendas, é preciso atentar a uma série de aspectos da experiência oferecida ao público. Porém, vale lembrar que, ao analisar seu negócio e implantar melhorias, você não deve observar essa métrica isoladamente.

Uma empresa gera uma série de resultados desejáveis mesmo que o foco da maioria dos gestores seja nas vendas. Quem opera com produtos e serviços inovadores pode não coletar resultados financeiros invejáveis de início, mas certamente desenvolve um olhar experimental sobre o que ocorre, dita tendências e promove trocas de conhecimentos.

Agora que você já sabe como aumentar a taxa de conversão de vendas e qual é a importância de contar com ferramentas ou profissionais especializados, que tal entrar em contato conosco? Veja como podemos ajudá-lo a melhorar os resultados de seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *